Softwares de mensagem podem ajudar na comunicação entre advogado e cliente

Por João Ozorio de Melo

Nos Estados Unidos, a queixa mais frequente dos clientes sempre foi a falta de comunicação com seus advogados. Mas isso está melhorando, graças, principalmente, aos recursos de mensagem de texto dos smartphones. A mensagem de texto é um jogo rápido, em termos de comunicação, que tem várias funções, sendo a principal a mensagem subliminar: “não me esqueci de você” — ou “estou de olho em seu caso”. Serve para acalmar a fera.

Algumas “ferramentas de mensagem de texto” podem ser bastante úteis para os advogados que queiram enviar mensagens para smartphones usando seu computador
123RF

Hoje em dia, o envio de mensagem de texto é o meio de comunicação mais popular entre os habitantes dos EUA com menos de 50 anos. Mais de 95% dos habitantes do país têm celular, dos quais cerca de 75% são smartphones, segundo o site Lawyerist. O Brasil já tem mais smartphones do que habitantes, segundo estudo da FGV divulgado pelo jornal O Estado de S. Paulo em 2018.

As mensagens de texto superam os e-mails em termos de respostas dos destinatários. Nos EUA, a taxa de resposta de mensagens de texto é de 45%, enquanto a de e-mails é de 6%.

Mas, para trocar mensagens de texto, é preciso ter algum tipo de software. No Brasil, o WhatsApp é mais popular. Aliás, mais popular do que em qualquer outra parte do mundo, segundo o site americano Panoramas: no Brasil, 93% dos usuários de smartphone usam o WhatsApp. A seguir, vêm Argentina (93%), China (81%) e Itália (77%).

Uma grande vantagem do WhatsApp é que esse software pode ser instalado em computadores. Assim, o usuário pode digitar os textos no teclado do computador, copiar links, colar textos, incluir anexos, sem as dificuldades de fazer as mesmas coisas em um smartphone.

Porém, a popularidade do WhatsApp nos EUA é baixa — incompreensivelmente, segundo o Panoramas. E mais baixo ainda entre os advogados. Por isso, a advogada e escritora Aretha Soderstrom sugeriu, em um artigo para o Lawyerist, alguns softwares que permitem aos operadores do Direito enviar mensagens de computadores para smartphones — serve até para um juiz sugerir a um promotor o que fazer na audiência do dia seguinte.

Ferramentas
Existem algumas “ferramentas de mensagem de texto” que podem ser bastante úteis para os advogados que queiram enviar mensagens de texto para smartphones usando seu computador. Os primeiros sugeridos por Aretha Soderstrom são os softwares de gestão de escritório, que os advogados usam, frequentemente, na prática diária, que vêm com as tais ferramentas embutidas. E, é claro, eles são comercializados pelo Lawyerist.

Por exemplo, o Clio se integra com o Apptoto ou o Zipwhip em seu software. O PracticePanther também embutiu o recurso de texto diretamente no software. Entre os softwares de gestão de relacionamento com clientes (CRM), ela recomenda o Law Ruler, o Lawmatics e o Lexicata, todos com recursos de envio de mensagem de texto integrados ao software.

Existem mais três boas opções de softwares, além dos que são frequentemente usados na gestão do escritório, escreveu a advogada:

  • o Mighty Text conecta seu telefone ao computador, de forma que você pode ver, enviar e receber mensagens e arquivos de seu computador;
  • o Podium é uma plataforma de relacionamento com o cliente, que ajuda o advogado e seu cliente a checar o status de um caso em seus smartphones, além de possibilitar um bate-papo ao vivo. Também grava as comunicações para serem revistas mais tarde;
  • o Signal possibilita a troca de mensagens de texto criptografadas, o que é uma garantia de segurança desejável para advogados. E é fácil de configurar e usar.

A recomendação final de Aretha Soderstrom é a de que o advogado deve considerar uma plataforma que lhe permite salvar tais comunicações no arquivo do cliente. E deve dar preferência aos softwares que usam criptografia e outros padrões básicos de segurança, para proteger os dados do cliente — e também do escritório.

Última recomendação: não mande emojis em suas comunicações profissionais.

 é correspondente da revista Consultor Jurídico nos Estados Unidos.

Revista Consultor Jurídico, 27 de julho de 2019, 8h32

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s